16.5.10

Sem rodeios, é um dos filmes mais cativantes, mais ternurentos e mais tristes de se ver...

 

Talvez o problema seja meu, mas quando se trata de crianças afastadas dos pais pelas circunstâncias da vida fico - passo a expressão - uma manteiga derretida, tal como me aconteceu há uns anos largos quando vi 'Império do Sol', com um pequeno Christian Bale no papel principal, do realizador Steven Spielberg.

 

Hoje, vi 'August Rush', com Jonathan Rhys Meyers, Keri Russel e Freddie Highmore ('A Fábrica de Chocoloate') como o pequeno 'August Rush' e simplesmente adorei. Se fizer um top ten dos filmes que vi este ano, com certeza este ficará no cimo da lista.

 

Sinopse: Um carismático jovem guitarrista irlandês (Jonathan Rhys-Meyers) e uma deslumbrante jovem violoncelista (Keri Russell) conhecem-se uma noite em Nova Iorque e apaixonam-se profundamente. Separados pelo destino, para trás fica um filho tornado órfão pela força das circunstâncias. Anos mais tarde, a criança (Freddie Highmore), com dotes notáveis para a música, apelidada de August Rush, toca nas ruas de Nova Iorque protegida por um misterioso estranho (Robin Williams). Através da música, August Rush tudo fará para encontrar os pais de quem foi separado à nascença.

 

link do postescrito por anid, às 20:59  opina à-vontade

De Chewingum Girl ® a 16 de Maio de 2010 às 21:31
É um filme espectacular... e depois a banda sonora do filme está... uau!

pesquisa
 
mais sobre mim
Maio 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
14

17
18
19
20
21
22

23
24
27
29

30
31


Leitura em curso
Neste momento não leio nada, apenas escrevo...
comentários recentes
PROGRAMA DE AFILIADOS!Você está a procura de um re...
aqui no Brasil a gente fala muito mal o nosso idio...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
por acaso tambem andei muito a procura desta music...
Posts mais comentados
blogs SAPO